Preconceito e alienação de PC Siqueira sobre direita e esquerda

Profundamente falacioso isso.


Esquerda visa maior ação do Estado para minimizar problemas sociais, contudo no Brasil tem um caráter marxista o que leva-nos a ter uma extrema esquerda que visa tomar o Estado para a instauração da Ditadura do Partido Único.


A Direita, no Brasil, busca também uma maior ação social do Estado contudo ainda arraigado no conceito Integralista de Deus, Pátria e família. Também acredita em uma maior intervenção do Estado, extrema direita, com a intenção de proteção dos interesses nacionais.


PSDB e PT, por exemplo, são Sociais Democráticos o que os coloca como centro-esquerda. Não temos uma “direita” forte a atuante no Brasil nesses moldes.

Contudo temos uma terceira via que o PC Siqueira misturou no mesmo balaio que são os liberais.


Os libertários possuem suas vertentes contudo a mais corrente é que o Estado cuide das necessidades básicas: Saúde, Educação e Segurança e tenha uma carga tributária diminuta que permita às pessoas a desenvolverem a livre iniciativa. Isso dentro de uma visão “real” seria colocado como de Esquerda também.
Tanto a esquerda que temos aí como a direita, querem tomar o Estado, ampliá-lo de acordo com suas ideologias e seus intentos. O liberalismo prega a liberdade individual se aproximando muito do Anarquismo em vários pontos.


PC Siqueira se tornou influente utilizando uma ferramenta que permite as pessoas compartilharem o que querem de maneira gratuita. Não é uma ferramenta de Estado e mesmo assim cumpre a sua função de distribuição.


Ele se tornou o que é pelo seu próprio conteúdo, por sua livre iniciativa e agora vem colocar libertário como de Direita.
Sem mais.

Intervenção dos alunos na aula de um professor no Largo do São Francisco. Certo ou errado? Eu fico com o não sei.

Circula o vídeo da intervenção dos alunos na aula do professor e ex-diplomata Eduardo Lobo Botelho Galazzi, em que ele fazia uma aula sobre a Ditadura Militar. Segundo os alunos, ele entregou um “Documento de Continência a 1964”, ou seja, defendendo o Golpe Militar.

 

O professor relata sobre a falência do pensamento Comunista relatando a destruição cultural e espiritual causada pela ideologia Marxista.

Pensem comigo… quantos Estados democráticos e livres foram formados com a implantação do Comunismo? Mas enfim, não estou aqui para debater Direita VS Esquerda VS Centro VS Hadouken.

Vídeo feito pelos alunos que entraram na sala.

 

Confira o manifesto feito pelo professor em que obviamente escorrega na questão de colocar os militares e a Ditadura instaurada como a ferramenta que levou o Brasil ao desenvolvimento, algo que provou-se falacioso ao longo da história por meio de manipulação de metas e construções irreais (Usinas Nucleares, transamazônica e assim por diante). Carta Galazzi – Golpe de 64.

 

A grande defesa dada por Eduardo Lobo Botelho Galazzi não era da Ditadura Militar, mas sim, a situação do Comunismo como corrente ideológica que matou mais gente do que qualquer outro modelo politico conhecido e até uma visão um tanto quanto ingênua em que situa a população brasileira como solidificada em um sistema democrático “Pós-Capitalismo”.

carta prof

Vamos as seguintes análises:

A defesa do Golpe de 64 foi ampla e praticamente irrestrita em inúmeras camadas da sociedade inclusive entre os intelectuais que vislumbravam o possível controle comunista do Estado Brasileiro.
Isso é comprovado pelas posturas tomadas pelo Presidente João Goulart que insuflaram ainda mais a certeza de um golpe comunista.

A Ditadura Militar, por mais que seja chamada de um contra-golpe, não ajudou o Brasil a evoluir em nada. Pode ser que realmente tenha impedido um golpe comunista, porém caímos em uma Ditadura de qualquer maneira, com censura, tortura e tudo aquilo que um Estado pode fazer de pior.
Pouquíssimas frentes lutaram por uma democracia naquele período. Havia movimentos guerrilheiros que buscavam implantar o controle comunista, tanto que muitos foram treinados na URSS e Cuba principalmente entre o período de 1965 até 1970. Vide nossos amigos José Dirceu, Fernando Gabeira e o ex-ministro do meio ambiente Carlos Minc.

A luta pela democracia surge em um outro momento, aquele em que a sociedade cansada dos abusos e de ser tratada como massa resolve sair às ruas. Esses são os verdadeiros heróis, pois a iniciativa individual dessas pessoas é que geraram a força propulsora de uma luta realmente voltada para o poder do povo.

O que isso tem a ver com o vídeo? Tudo e nada ao mesmo tempo.

Os estudantes têm o direito de lutar pela liberdade e de fazerem um protesto legítimo contra qualquer um que atente à Democracia. Contudo fazem isso com um viés ideológico de extrema esquerda o que, cá entre nós, visa à instauração de uma Ditadura, com censura, supressão dos que pensam diferente e assim por diante.
Em uma Faculdade de Direito, a primeira de nosso país junto com a de Olinda, o mínimo que se espera é que haja respeito ao professor e à sua aula, independente do viés ideológico dele. Poder-se-ia propor debates e assim por diante.
Mas combater com a realização de um protesto de oprime o direito de um professor de falar em sua própria sala de aula é uma censura velada, ele estando errado em seu pensamento ou não.
Não PODEMOS utilizar as nossas ideologias e visão de mundo para sufocar o pensamento dos demais é abrindo a boca que se vê quem está certo ou errado, e não, suprimindo o direito de ninguém.

Enfim, não discordo dos alunos porque sou plenamente a favor da liberdade de expressão, embora discorde dos alunos porque sou plenamente a favor da liberdade de expressão.

Espero que tenha ficado a lição para todos com essa “celebração” do Golpe de 64, a de que o Estado, independente da cor que ele veste, quando assume total controle da violência e de nossas vidas, torna-se um demônio para aqueles que aspiram à liberdade.

Um resumo do que acontece na Ucrânia em 28/02

Confira um pouco do que aconteceu na Ucrânia nos dias de hoje.
Talvez esse seja o país que mais emana o risco da volta da velha ordem.
Não sou protetor nem de ditadura de direita, nem de esquerda, o que prego é a democracia.
treta

  • Unidades militares da Rússia tomam aeroportos e estradas na região da Crimea (zona de conflito na região)
  • Navio russo ancora em Sevastool, cidade independente ligada à Ucrânia.
  • Estados Unidos advertem Rússia contra intervenções na Ucrânia.
  • Líderes ucranianos alegam que já há uma intervenção russa na região.
  • O conselho de segurança das Nações Unidas se reúne para discutir a crise na região.
  • Presidente deposto, Vladimir Yanukovych, tem uma conferência com a Rússia e alega que ainda é o presidente.

 

Fonte: The Gardian